quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Cínica Esperança...

Vou dizer uma coisa que pode chocar os puristas de plantão: é excessivamente enfadonha e cínica a forma como é anunciado e realizado o tal do "criança esperança"! Tenho ânsias de vômito quando vejo aquelas "chamadinhas asquerosas", não querendo outra coisa que nos extorquir uma grana, na realidade, fazer boas ações com o dinheiro dos outros é uma delícia! Não tenho nenhuma dúvida de que este não é um país sério, caso fosse, não permitiria que sua infância fosse transformada em "programa de auditório"! É assistencialismo barato da pior espécie e, o que é mais grave, feito às custas dos obtusos que ligam para aqueles números mercenários! Contudo o ato de fazer a ligação funciona como um calmante para as consciências dos que querem resolver os problemas insolúveis dos milhões de miseráveis que gravitam nas mais diversas regiões do país, afinal a pobreza e a miséria são atributos indissociáveis do processo de exploração do capital sobre o trabalho, além de render lágrimas de audiência!
.
Quem dera que a esperança chegasse para as crianças das inúmeras favelas do Rio de Janeiro, por exemplo, ao invés de balas perdidas, traficantes e policiais! É certo que as boas ações dos que doam sete, quinze, trinta ou mais reais minimizam e dão esperança a alguns, enquanto a grande maioria fica na desesperança, mas os "doadores" podem dormir tranquilos por terem feito sua boa ação! Salvaram almas das ruas, das drogas, dos guetos, dos mangues, colocaram seu pingo d'água no incêndio da floresta tal e qual faz o beija-flor! É bem possível que a qualquer momento uma emissora concorrente resolva entrar na briga pela audiência e lance o seu adulto esperança, tendo o intuito de ajudar os índios incendiados e as empregadas espancadas, por algumas crianças bem nascidas! O agravante é que a emissora de televisão transforma a pobreza em um grande e suntuoso espetáculo, recheado de astros e estrelas, não, isso era no passado, hoje eles são celebridades! Ainda que tenha a UNICEF cuidando do "caixa", o certo não seria termos políticas públicas direcionadas à população infantil ao invés de espetacularização da miséria?!
.
Fico me perguntando como deve ser bom para o ibope da emissora, que a cada ano nos convoca a doar, ter sob sua batuta o gerenciamento dos sonhos de milhões de crianças, fazendo seu canto da sereia! Programas desse tipo parecem-me que tripudiam dos que não têm com a moral de que quem se esforça tem seu lugar ao sol! Sim, porque ações como essas se perpetuam, são um band aid no câncer! Qual seria o objetivo final? Acabar com a situação em que vivem as crianças brasileiras que precisam de assistencialismo, dos bolsas esmolas para serem reconhecidos como cidadãos? São tantas as edições do "esperança" que fico me perguntando se o objetivo não é manter tudo como está para que a cada ano podermos dizer que fizemos algo para erradicar os males que afligem as pobres criança brasileiras e que um dia, com esperança isso vai acabar, talvez o mais indicado fosse nos dias de realização do programa a emissora doasse todo o seu faturamento para os pobres e desvalidos que ficam repletos de esperança naqueles dias dourados, ao invés de ficar nos enchendo a paciência nos mandando ligar, contudo é muito, mas muito mais interessante fazer beneficência com o dinheiro alheio...

3 comentários:

Camiseta Personalizada disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Se você quiser linkar meu blog no seu eu ficaria agradecido, até mais e sucesso.(If you speak English can see the version in English of the Camiseta Personalizada.If he will be possible add my blog in your blogroll I thankful, bye friend).

Manoel Gomes disse...

Mary, não notei nenhum problema com a página, será que é um complô contra seu comentário, rs,rs

Lusimary disse...

Hoje, depois de um longo período de complô explícito contra a minha pessoa, consegui!!!!!

E, falando em longo período, já são 22 anos de "Criança Esperança"... 22 anos fazendo "festa com o chapéu alheio", como diria minha avó...

Então?