sexta-feira, 6 de julho de 2007

Jogos Pan-americanos e masturbação midiática...

Vai começar o espetáculo! Entre os dias 13 e 29 de julho, estaremos vivendo as competições dos jogos pan-americanos Rio-2007! Seremos bombardeados, à exaustão, para que vibremos intensamente com as performances de Daiane dos Santos, Jadel Gregório e tantos outros atletas brasileiros que estarão "embelezando" com suas proezas nossos dias cinzas! Estarão competindo no Rio de Janeiro, em 16 dias, nas mais diversas modalidades, cerca de 5662 atletas de 42 países, imaginem a quantidade de pessoas necessárias para que tudo aconteça como previsto, na mais perfeita ordem, sem nenhum tiroteio que possa prejudicar a imagem dos jogos. Uma coisa é certa, a população que mora nas imediações, onde as disputas estarão acontecendo, poderá dormir tranquila nestes dias esportivos, longe das balas perdidas da guerra civil vivida pela população carioca, já que a segurança estará hiper reforçada!
.
O investimento para que esses jogos acontecessem ultrapassou a casa de 1 bilhão! Para se ter uma ideia do que essa quantia representa, a prefeitura do Rio arrecada cerca de 9 bilhões por ano! Construiu-se um estádio de futebol fulgurante, no nível da Europa; as dependências da arena onde vão acontecer as disputas da ginástica artística são fabulosas; a vila onde os atletas estarão hospedados é um lugar belíssimo, com água filtrada até nas torneiras, ar condicionado em todos os apartamentos que compõem a Vila Panamericana, acesso a internet banda larga e outras "regalias"! Convenhamos que são instalações de primeiro mundo, não estamos com isso querendo dizer que deveria ser diferente, muito pelo contrário, entendemos que as instalações deveriam abrigar os competidores com todo o conforto que a situação indica. Eventos desse porte trazem benefícios para a cidade, além de possibilitar investimentos que só acontecem por causa da sua realização! Uma coisa não pode ser esquecida: estamos falando de esporte de alto rendimento, embora com a "pele de amador", não nos esqueçamos que Jadel Gregório vive na Inglaterra, só para citar um exemplo, portanto, estamos investindo numa minoria, pensando no espetáculo, o velho e gasto pão e circo, apenas isso!
.
Curiosamente, toda essa pompa, poderíamos dizer todo esse luxo, vai estar lado a lado com todas as agruras por que passa a cidade do Rio de Janeiro! Falta de infraestrutura, moradia, a violência urbana, ou melhor, a guerra travada todos os dias entre polícia e traficantes, a morte de inocentes pelas balas perdidas, pelos estilhaços e a condição de pobreza de pelo menos 400 favelas! Dentro dessa "moldura", o esporte de alto rendimento conseguiu capitalizar para a realização de uma "festa de 16 dias", uma soma fantástica para a construção de "monumentos", tudo isso em meio à pobreza, miséria e violência que campeiam por todos os poros da cidade! Os defensores dessa indecência dirão que quando os jogos acabarem a cidade vai ganhar tudo o que foi construído com a sua realização, de presente, oxalá não seja de grego! Ganha a cidade ou ganham alguns que vão se locupletar explorando os "edifícios" construídos? Na realidade, toda a luminosidade, todos esses holofotes trazidos pela realização dos jogos, não iluminarão a cidade por inteira, parte dela ficará às escuras, para que não ofusque o brilho dos jogos que tanto se batalhou para que fossem realizados no Brasil. Esperam os realizadores, confiantes nas suas forças de segurança que o morro, com toda a sua idiossincrasia, não desça, que não venha atrapalhar a festa, não venha desafinar a bateria!
.
Por outro lado, em relação à mídia, além das já costumeiras apologias esportivas que teremos que aguentar rotineiramente, vai ser duro suportar a forma como o aparelho midiático vai elaborar seu discurso em torno do evento! Seremos levados a conhecer a pulga do cachorro do vizinho do competidor lá de Taiobeiras, com todo o respeito que essa cidade merece, justamente porque ele quebrou o recorde taiobeirense de lançamento de peso! A história contada pela pulga nos sensibilizará, isso porque o atleta treinou horas e horas sob o sol escaldante, descalço, pois não possuía dinheiro para comprar equipamento apropriado, usando o "jeitinho brasileiro" para superar todos os obstáculos, e a recompensa veio, enfim, a medalha do pan-2007! O certo é que no final do relato da pulga do cachorro do vizinho estaremos todos em prantos, o que não sei ao certo é se pelo feito do "sertanejo" ou pelas perguntas imbecis que certamente serão feitas pelo repórter de plantão ao inseto...

4 comentários:

wager matias disse...

Prof boa reflexão e a pergunta que fica é: o que ganhamos com estes jogos? Pelo visto só perderemos, foram 3,5 bilhões que poderia mudar a vida de milhões de pessoas. Até acho necessário que o investimento no campo do lazer, no caso esporte, seja feito mas, se for no sentido de democratizar o acesso. O dinheiro do ministério foi praticamente todo para o evento. Aqui em Jequié nem houve o projeto segundo tempo ainda por causa do bendito jogos Pan-Americanos. Saudações

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Se você quiser linkar meu blog no seu eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. (If you speak English can see the version in English of the Camiseta Personalizada. If he will be possible add my blog in your blogroll I thankful, bye friend).

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Se você quiser linkar meu blog no seu eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. (If you speak English can see the version in English of the Camiseta Personalizada. If he will be possible add my blog in your blogroll I thankful, bye friend).

Anônimo disse...

necessario verificar:)