quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Sobre os Olhos...


Olhos são como diamantes: quando descobertos iluminam tudo o que tocam! Há que se pensar como Édipo, é preciso decifrá-los para não sermos devorados! Mas qual o problema se formos devorados? Por que não sumir na imensidão daquelas retinas?! E o que dizer   à mulher dos seus sonhos? "Dona dos meus olhos é você." A poesia se insinua entre os rochedos e arrecifes, no mar dos olhos todos os portos são seguros, mas navegar não é preciso! Verdes, azuis, castanhos, cinzas, negros, não importa a cor que foram pintados, por olhos encantadores somos atraídos, facilmente fisgados como peixes num aquário! "No dia em que fui mais feliz, eu vi um avião se espelhar no seu olhar até sumir." As metáforas atacam as metonímias, copulam com as aliterações, seduzem os oxímoros..."os olhos chumbados pelo mingau das almas." São as reverberações de Adriana! Ah, os olhos dessa musa são umA Fabrica do Poema!
.
Inteligência, beleza e sensibilidade são qualidades de olhos suntuosos! Do alto da sua  sabedoria, menoscabou o poetinha: "que me desculpem as feias, mas beleza é fundamental"; no que retrucou esse humilde escriba: "não, fundamental é o cintilar do olhar", porque  "luz dos olhos para anoitecer, é só você se afastar." Neste caso, falar dos olhos não é cair no lugar-comum? Dirão os insensíveis, são sempre os mesmos substantivos, adjetivos: cor, luminosos, transcendentes, brilhantes, fascinantes, porém, e neste caso, por que brigar com o lugar-comum se "os meus olhos vibram ao te ver"? Por isso, "estranho seria se eu não me apaixonasse por você", pela réstia que vem do seu olhar...

5 comentários:

Luanna disse...

Olhos...olhar...Ah! Como falam tudo o que querem, ou quase tudo, depende de quem os decifra.

E se formos analisar nos dias de hoje, são poucas as pessoas que conseguem de fato penetrar a FORTALEZA de um olhar!!!

"...olhos nos olhos quero ver o que você faz..." (Chico Buarque)

Abraços Manoel...amei esse texto, meus OLHOS cintilaram rs!

Manoel Gomes disse...

Luanna, que coisa boa!!... sua sensibilidade salta aos olhos, menina, nestes tempos de pouca luminosidade, gostei demais! É bom revê-la sob a luz dos OLHOS...

Lusimary disse...

Poesia!!! Que mais seria senão pura poesia? Muito lindo!

Menina disse...

Como é bom poder me embriagar nessas linhas, viajando num universo misterioso das sensações, dos sentimentos, da poesia...
Sua sensibilidade nos permite compreender a dimensão do poder do olhar. Ele é capaz de revelar o segredo mais profundo de nossas almas!

Parabéns!

Manoel Gomes disse...

Oh, Menina, que bom somos/fomos tocados pela luz do olhar! Veja que,a partir dos olhos, podemos ver, rever outros olhos que, mesmo na distância, passam perto, sentem, porque são olhos sensíveis"vêem" mais que demais e na beleza se permitem navegar em mares luminosos! Obrigado, viu?