quinta-feira, 7 de dezembro de 2006


Há uma coisa interessante em ter um blog.Você tem um espaço para fazer "travessuras", é verdade, como um diário,quase secreto,rs, podemos escrever sobre o que desejarmos!!O post de hoje é uma homenagem a alguém que quanto mais cresce,mas sinto saudades, mais fico com a imagem dela criança passeando na minha cabeça!Não sei porque isso acontece,mas tem acontecido cotidianamente!Vem à memória a imagem de quando ela tinha poucos anos e era tão delicioso vê-la descobrir o mundo!Lembro que a colocava no cangote e íamos para a rua, ela nasceu meu "galega", o cabelo meio cor de milho!...era muito bom, embora naquele momento não pensasse assim...Na verdade, essa criança na memória afetiva,cresceu, em todas dimensões, e se tornou um ser humano lindo!Essa criança da memória vai fazer aniversário no dia 08/12...Sei que não vou estar por perto e olha que talvez seja a primeira vez em anos que isso acontece...Sabe, filha, você é um grande e belo presente, ser seu pai, sei que já repetir isso a exaustão, mas não canso de dizer, é um grande privilégio!Estou em Jequié,a 350 km de distância,tenho plena consciência que essa distãncia é apenas geográfica, com muita saudade!Desejo que seu aniversário, o que vem e todos os que virão, seja como foi seu nascimento para mim,uma dádiva,momento de pura celebração, conviver com você é sentir a essência das coisas, é sorver o ar em toda a sua plenitude,minha filhusca querida, feliz aniversário, sei que filha é para sempre, por isso, eu também!

4 comentários:

Anônimo disse...

Parabens, papai, pelo amor que irradias, pelo reconhecer, conhecer os momentos...pela comemoração da vida da tua filha, parabens pela alma tao linda, e que nesse embalo agente, ao seu redor, tb ganha presentes todos os dias!!!Te adoro, e é muito bom poder falar isso!!!

Manoel Gomes disse...

É uma pena que foi um anônimo, rs,rs, embora tenha quase certeza quem ele seja, mas esteja perto sim, "calor" nunca é demais

Anônimo disse...

Meu pai lindo, preciso te dizer algo muito imporante hoje, nada que voc~e já não saiba, ou não já tenha certeza, mas de qualquer jeito, é sempre bom repetir..
TE AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
muito, demais, desesperadamente e sempre, TE AMOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Bruno Ribeiro disse...

Manoel, obrigado pela visita e pelo comentário. E que lindo texto este seu. Ter uma filha assim é uma dádiva, da mesma forma que deve ser uma dádiva ter um pai como você. Um putabraço.